Eu não sou de reclamar – Lupicínio Rodrigues

Eu não de reclamar
Eu não sou
Mas o que eu estou sofrendo
É demais
Nos lugares onde eu vou
Quem conhece quem eu sou
Diz
Que sou o mais covarde dos mortais
Se queriam que eu matasse
O crime não compensa
Só Deus dá a sentença ao pecador
Se eu matasse
Não podia esperar ver algum dia
As lágrimas cruéis do meu amor
Se queriam que eu matasse
O crime não compensa
Só Deus dá a sentença ao pecador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s