Krishna Buda Jesus ou Alá – Black Alien & Speed

Track pesadão de Black Alien e Speed (R.I.P.), direto de Nikity City…

Ontem eu tava bolado do jeito que minha vida ia
Do jeito que minha vida estava
Do jeito que minha vida ia acabar
Aí eu resolvi fumar uma erva
Pode chamar de Ganja, Marijuana ou Whatever
Aí eu caminhei até o bar, pra tomar uma cerva
Sentei na mesa, pedi uma pizza metade calabresa, metade portuguesa
Cortada à francesa, eu tinha certeza, comecei a viajar, follow me now

Krishna, Buda, Jesus ou Alah?
Digo em raggamuffin: Power commin’ from Jah Jah

Alien comes to tell you and them in a natural flow home
I go to the band lows, I eat you alone, back you to go,
fuck there is a force at home and every bitch I see you (what’s to become?)
How concentrate and penetrate Mr. Sir, you can call me down, down down Babylon Skateboarding Session, my friend Thronn,
vide o verso e ouça o som, inverno ou verão
Maquinista, condutor do bonde, reserva o monte,
quero minha erva, não quero mais cerva
História, mistério e outros assuntos sérios, give me a herba
Fecha a porta pendurando do lado de fora o aviso de: Do not disturba, John Coltrane
In da beggining it was the word, the disease to deserve
Meu reggae, música, por favor! Burning Spear of third world
Music, please! Natural deserve
Original como Hering t-shirt, as I roll a blunt, peace that I’m rolling in a dunt
Siga aquele biquini mini-skirt, maxi-skirt, situation incredible
Situações incríveis, Adão e Eva, Mickeys e Minnies, Villages and Citys
Follow me, follow me, I got the keys
Garagem, The Apollos, backing vocals, atores e atrizes, mestres e aprendizes
Faz aumentar apenas bilis, quando eu achar seu calcanhar de aquiles, please

Krishna, Buda, Jesus ou Alah?
Send me raggamuffin: Power commin’ from Jah Jah

(Speed)
Falar sem pensar, é dar murro em faca de ponta
Sinto-me grudar como um ímã, nos quatros cantos do mundo, ainda que a Terra seja redonda
E como roda, dá voltas. Encontra, na ida ou na volta, a vida cobra a dívida, e não há como não pagar a conta
Dobrando a esquina, percebeu que o dedo do bandido estava tava no gatilho
Se estilo não é não livre, você vegeta, não vive
Quando eu te vi, tive mágoa
É hora da onça beber água, se você é ou não é meu camarada, nada significa, faça figa, me dá! Perdeu!
O Rolex, os cheques, e a bolsa Prada, sob a mira da minha arma, sem porte
O artista convidado para essa festa era a morte, e enquanto Hitchcock se remexia na tumba, os grilos executavam o som da trilha de Psicose
O cheiro forte de enxofre denuncia, o diabo cria mentiras
Dizia que Jesus só ressuscitaria sofrendo de catalepsia, e ria quando falava do hímen complacente de Maria

Krishna, Buda, Jesus ou Alah?
Send me raggamuffin: Power commin’ from Jah Jah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s